sexta-feira, 12 de junho de 2009

Comemore!

Esse é o meu primeiro dia dos namorados oficialmente de coração desocupado, depois de muitos anos. Confesso que é estranho, diferente...

Estranho mas não é um grilo como muitas mulheres por aí que tem essa paranóia de desencalhar, de simpatia para Santo Antonio, de sair para caçar... Sou solteira por opção.

Eu já me casei quando achei que tinha que casar, me separei quando achei que tinha que separar, já amei e fui amada como muita gente (casada ou namorando) nunca foi.

Pretendentes não me faltam (e isso é ótimo para saber que tá tudo certo por aqui). Mas para que repetir padrões que eu não quero mais? Para que perder meu tempo com o que não me aproxima dos meus objetivos? Me divertir com alguma coisa que não vai dar em nada? E ainda correr o risco de me machucar ou machucar alguém?

O que eu busco ainda não tem nome, não tem formato, nem tamanho. Na verdade o que busco eu não busco. O que eu busco vai me encontrar.

Faz falta ter alguém para dormir abraçadinho, ver aquele filme bobo domingo a tarde? Claro! Faz falta ter alguém que te faça ir para a cozinha feliz da vida seja para fazer um banquete ou um misto quente? Sim, faz! Também faz falta beijar na boca, fazer sacanagem, falar bobagem, rir e chorar. Tem um lista enorme de "faltas" mas a gente consegue sobreviver sem isso. Não sei por quanto tempo, mas consegue!

E enquanto isso, estou me divertindo muito, cada dia mais apaixonada por mim, pela minha casa, pelos meus planos, pelas minhas fotos, pela minha família, pelos meus amigos, pela novas possibilidades, pela vida.

Sei muito bem o que eu quero e principalmente o que não quero. Sei o que me faz bem e o que faz mal. E Dia dos Namorados solteira? Não faz mal nenhum... Comprei um monte de presentes para mim e hoje vou comemorar em grande estilo! Tem uma champagne na geladeira esperando por um bom motivo para ser aberta e hoje eu encontrei um!

11 comentários:

Bro disse...

Clap Clap Clap!

drika disse...

então, comemore!
não é meu primeiro solteira, mas é o primeiro com o coração vazio tb.
e sem dúvida, não há nenhum bicho estranho nisso.
pra mim, mais uma sexta feira. e chuvosa.
beijo.

Tiago F. Moralles disse...

Faremo-nos companhia na solidão voluntária.

Feliz dia sozinha dos namorados.

Paula Nigro disse...

Putz!
que post legal!
Queria pensar assim, mas estou só na tentativa frustrada.
Beijos

Sally Brown disse...

"O que eu busco ainda não tem nome, não tem formato, nem tamanho. Na verdade o que eu busco eu não busco. O que eu busco vai me encontrar."

Taí, Anna. Falou e disse.
Adorei!
Bjos.

IsABela araÚjo siLVA disse...

uhú!
arrasou. é isso mesmo. um brinde à todos nós que esperamos mais da vida e sabemos que merecemos.

Paulinha Costa disse...

Adorei o texto, me identifiquei muito com ele. Eu estava assim até bem pouco tempo atrás. Hoje eu estou naquela fase com saudade de me apaixonar. Não estou procurando, porque como você, acredito que o que eu quero vai me encontrar. Bjs

Violet Scott disse...

solteira e sozinha.
acho que é bom.

beijo no coração.

Sis disse...

Irmãzinha, Vim me atualizar um pouquinho e fiquei muito feliz com o seu post! Vc vai encontrar alguem bacana que te mereça e te faça feliz! Beijinhos de uma tarde de São João!

Wilson disse...

olá, Anna!!!

a minha champagne continua guardadinha na geladeira... não consigo "espocar" aquela rolha sozinho... rs rs rs

bjs,
Wilson

Flávia Stefani disse...

"Para que repetir padrões que eu não quero mais?" Ídola.