domingo, 24 de agosto de 2008

Bons Ares

Viajar em grupo é um desafio. Em família ainda mais porque a intimidade facilita e atrapalha o andamento da programação. Enquanto um quer comprar alguma coisa, o outro que parar para descansar, a outra para fotografar, o outro não quer parar, mais alguém está com fome,... Um quer ir para Palermo, outra para a Recoleta. Um quer comer carne, outro não está com fome ainda.

Viajar em grupo é saber abrir mão. Ceder. E mesmo assim sorrir.

A solução muitas vezes é se separar. Mas quando o objetivo é ficar junto, essa solução dá uma sensação de que o sucesso da viagem fica abalado. Separações a parte, considero o balanço final dessa family trip um sucesso.

Deixar Mama e Papa dando tchau na porta do hotel com lágrimas escorrendo também não foi fácil, mas tenho certeza que eles vão aproveitar ainda mais a viagem agora, sem tantos palpites de 3 filhos geniosos e cheios de vontades diferentes.

Vendo as fotos no avião na volta, percebi quantos momentos divertidos vivemos nesses quase três dias. Quantas pérolas entraram para a nossa história.

Repetir? Com certeza. Não vamos esperar mais 15 anos como dessa vez. O limite? Realmente é de 3 dias! Mais que isso fica difícil desenrolar o desarollo!

Cena que resume o fim de semana:

Domingo, retorno dos três pimpolhos a Cidade Maravilhosa. Check in no aeroporto.

Yo: "Nossos assentos estão marcados juntos?"
Atendente: "Sim, estão os três juntos."
Bro: "E dá para separar, então?" 

Toda brincadeira tem dois fundos de verdade! É para rir ou gargalhar?

3 comentários:

Re disse...

Sei bem que todo mundo junto por 3 dias, é mais que suficiente...
beijo
Re

UtópicA disse...

Respondendo o comentário...

Eu bem que relutei, tentei enfrentar sozinha, mas não dá né, e afinal acho que é pra isso tbm que os amigos/anjos estão aí. Sim, eu preciso de colo, porque essa tristeza toda já não cabe dentro de mim e porque eu preciso conseguir passar 60 minutos sem voltar a chorar.

Amanhã eu volto, pode esperar. Sem uma boa notícia, mas eu volto. De qualquer jeito, mas eu volto, pq de algum jeito a gente tem que recomeçar.

Um beijo e obrigada, mesmo.

mc disse...

comedias da vida real!! Desacostumei a viajar em grupo, sempre viajo sozinha ou em dupla! Mais facil, mas grupo tem la suas diversoes.