quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Caçadora de Ratos

Conhece alguém que odeia ratos e mesmo assim procura por eles? E quando encontra um, morre de nervoso? Pois é, minha companheira de viagem é assim, gosta de sofrer... 

É mais forte do que ela. Assim que entra no metrô a primeira coisa que faz é procurar um. Os olhinhos viram direto para o trilho nojento. O mais engraçado foi quando ela viu um rato mas ele não estava nos trilhos, onde ela acha graça, mas na plataforma onde a gente deveria seguir. 

A bichinha paralisou. Disse que não ia e pronto. Depois de um papo psicóloga que o ratinho já tinha seguido em frente e que é ele que tem que ter medo da gente, eis que o bicho volta disparado. Ela? Gritou aquele gritinho bem histérico. Eu? Ri muito. Também detesto rato mas não o suficiente para gritar. 

Sabe o que ela gosta de fazer para sofrer mais ainda? Quando o metrô vem vindo, ela se afasta porque imagina que o trem vai esmagar o rato e que o sangue vai espirrar nela! Sentiu? Essa é minha Sis. A caçadora de ratos.

Um comentário:

Dgão disse...

Sei não heim.......pior que respingo do sangue é o respingo dos "Miolinhos" rsrsr
Bj