quarta-feira, 18 de março de 2009

Divã versão 9.0 - motorizado

7 da manhã. Acordou sentindo dor. Não sabia de onde vinha aquela pontada aguda. Achou que era dor nas costas, dor de cabeça, cólica,... Nada disso. Ela sabia muito bem o que era aquilo mas se recusava a admitir. Tomou uma neosaldina, um ponstan, uma aspirina e um redoxon. Vai passar.

Passou o dia. A dor não. Foi para casa. Com a dor junto. Mais um buscopan, um tylenol, um trimedal. Não conseguiu dormir. Rezou um Pai Nosso e três Ave Maria.

Tinha pânico de dentista. Pavor. Fobia. Horror. Não, não podia ser dor de dente mas era lá dentro daquela cavidade vermelha, escura, que um monstro parecia surgir. Olhava no espelho e abria a boca. Escovava os dentes e fazia bochechos com cepacol de 5 em 5 minutos. Amanhã vai passar. Tem que passar.

Passou a noite. A dor não. Passou a mão no telefone. Ligou para a irmã, dentista. Essa se recusou a atende-la. Ligou para o pai, dentista. Esse fugiu da raia e indicou um amigo: Dr. Cisudo poderia cuidar dela a qualquer hora mas dessa vez foi ela quem fugiu.

Passou em casa e de lá para a terapeuta que lhe passou um sermão. Discutiram a relação do medo com a profissão do pai. Transitaram pela disputa na infância com a irmã, que seguiu a carreira do papai. O ex-marido também era dentista. Exploraram a dor do parto normal, a dor da perda, a solidão de estar longe do marido. Uma verdadeira sessão de exorcismo.

Juntou todas as forças que não tinha, agarrou a foto do filho na mão esquerda e já chegou no consultório de boca aberta: "Vai Dr. Cisudo! Tira logo todos os problemas da minha vida dessa boca!"

5 comentários:

Tiago Moralles disse...

Essa com certeza tem todos os problemas na boca.

isaBela araújo silvA disse...

adorei.
pena que os meus não sejam simples assim. sou mil vezes arrancar um dente do que sofrer de solidão...

Adri disse...

Aiii, acabei de tirar um dos dentes do ciso! E enrolei 2 anos!!! Não tenho nem pai nem irmã dentista mas tenho PÂNICO de ter que precisar de um!! Te entendo perfeitamente!

Larissa Margulies disse...

e quem é essa pessoa? alguém real ou nem?

adorei o texto e todas as frasezinhas com o verbo "passar";) super bem escrito! :*

ANNA disse...

ADOREI o texto!
Muitíssimo bem bolado!
Beijo
urbAnna