segunda-feira, 23 de março de 2009

Pulga ou carrapato?

Ando vivendo dias de coceira! Coceira de mudanças. Aquela coceira mental que não deixa a cabeça sossegar! Essa noite sonhei que arrumava as malas, fechava a porta de casa e partia...

Hoje consegui passar uma pomadinha e elas acalmaram um pouco. Vamos ver por quanto tempo...

E aí completo o dia esbarrando em um parágrafo de Marta Medeiros (que eu tanto gosto) que me transforma num suspiro em forma de gente. Seja lá o que tiver que ser, sigo esperando o dia de fechar a tampa. É só esperar coçar de novo...

"Toda mudança cobra um alto preço emocional. Antes de tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza. Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na cara."

--M. Medeiros, livro Doidas e Santas, página 226.

8 comentários:

Jacque disse...

Eu simplesmente AMO ssa mulher!!!

E sei bemmmm do que vc ta falando.
Tenho essa coceirinha de vez em quando...rss
E quer saber? Martha Medeiros está certa...
Durante...é meio complicado..mas o saer da mudança em SI é taoooo boa!!!

Mude sim!

Bjosss

UtópicA disse...

Para a felicidade geral na nação, espero q tenha dado tudo certo.

Sorte aí!
bjs

Larissa Margulies disse...

concordo com a marta (íntima!) ;) adoooro, por sinal!

Adri disse...

Sei bem o que é isso! Às vezes acho bom mas às vezes acho que poderia sossegar um pouco. Mas aí a recompensa vem e a gente decide não parar mais de coçar!
Boa sorte na sua!

Malu Green! disse...

As coceiras são só um sinal. Por mais que elas tenham se acalmado, fique atenta ;)

=*

Re disse...

Coceira é bom então... Sinal que uma nova pele vai nascer por baixo, mais bonita... Será que a borboleta se coça para nascer?
beijos
Re

ANNA disse...

Mudanças são meu combustível...
Quando está tudo muito pacato e tudo muito igual nada melhor do que ceder à coceira e mudar logo alguma coisa. Nem que seja a cor do cabelo, a posição da cama, do sofá... Ver por outros ângulos às vezes ajuda a encontrarmos a mudança necessária para acalmar a coceira e poder curtir todo o bem estar por ela proporcionado.
beijo
urbAnna

drika disse...

ela bate no ponto. sempre.