domingo, 8 de junho de 2008

Versões do iê iê iê

Para quem gosta de musicais e é fã dos Beatles, indico duas opções completamente diferentes. Em 1 semana, passei pelas duas experiências. Opinar sobre qual é melhor não é uma tarefa fácil já que gosto é gosto e não se discute. Eu tenho minha opinião, mas prefiro que cada um tenha a sua e não quero interferir.

Across the Universe - a produção americana desse filme musical é de encher os olhos, principalmente na parte que se passa em NY no final dos anos 60. A história de amor nos tempos da guerra de um grupo de jovens é alinhavada com clássicos dos Beatles (faltaram alguns importantes) ao invés de diálogos. O ponto forte realmente é a cenografia, fotografia, maquiagem, figurino... Enfim, um musical que faz mais bem para os olhos do que aos ouvidos. Personagens principais com os nomes de Jude e Lucy já dão uma pista do que vem pela frente.

Beatles num céu de diamantes - espetáculo musical produzido pela dupla Charles Moeller e Claudio Botelho (responsáveis por 9,9 entre 10 musicais brasileiros). Uma excelente surpresa sem nenhum elemento para surpreender exceto pela música em si. Cenário? Não. Figurino? Não. Personagens? Não. História? Não. Só um excelente grupo de jovens cantores/atores (os meninos são lindos, por sinal!) que vai passeando por entre 49 músicas - algumas na íntegra outras apenas trechos, estrofes - em performances solo, em duplas ou com todo elenco. Um piano, um violoncelo e uma simples percussão completam esse deleite para os ouvidos.

Iê iê iê...

10 comentários:

Violet Scott disse...

Anna, Beatles eu passo. Tá, pode me xingar. Mas já adianto que entro aqui para ler e ouvir agora. Seu blog virou meu Ipod. Beijo!

Rodolfo Barreto disse...

Concordo plenamente com Violet. Não gosto dos garotos de Liverpool, mas a trilha desse blog é melhor do que Alta Fidelidade.

Violet Scott disse...

Né, Rodolfo??
Beijo, Violet!

ANNA disse...

Vocês vão me dizer que não viram "Dois filhos de Francisco" porque não gostam de música sertaneja? Eu vi, adorei e continuo não gostando de sertanejo.
As vezes é bom deixar alguma coisa supreender a gente. Mesmo não sendo muito fã! Não tem nenhum problema não ser fã dos Beatles mas não dá para ignorar a importância deles, até mesmo para essas músicas que tocam aqui e gostamos tanto!

beijos e me avisem o dia que a Radiola estiver fraca!

mc disse...

eu to louca pra ver Across the universe! vi o making off e achei maravilhoso.

chegou a passar no cinema ou foi direto pro dvd?

Gastón disse...

Anna, eu queria mesmo era ver LOVE, do Cirque Du Soleil... you know that.

ANNA disse...

Mc, só em DVD mas não vi em locadora. Uma amigo meu que me emprestou. O making off é incrível, né?

Gasta, I know that! Me too! mas esse só me Vegas, baby... (O que não é nada mal!)

UtópicA disse...

A gente precisa mesmo permitir que a vida surpreenda a gente. Mas confesso que é muito difícil te imaginar assistindo Filhos de Francisco, sei lá.

A Radiola é um gadget fofo, que eu morro de vontade de botar no meu blog, mas não sei como - tentei, não consegui, desisti.

Eu já disse que sempre me assusto com a música, né. Fico achando sempre que é um som do além, aí me lembro da Radiola e tal. Nada pessoal com o repertório, viu.

Arrasa. Sempre.
bjs

UtópicA disse...

Me relembra o que vc falou p/ mim na reunião sobre "Beatles num céu de diamantes"? Meu cérebro pifando, sorry.

Scorpios disse...

Assistimos ontem. Eu, Brunno e outros. E lendo esses posts aqui é engraçado como as pessoas não se permitem descobrir certas coisas. O musical é lindo e independe de ser fã ou não. Música de primeira qualidade e as vozes... ah, as vozes!
E um projeto com a assinatura Claudio Botelhoe e Chales Muller deve no mínimo ser conferido.
Beijos.