segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Só hoje

Não gosto de escrever coisas tristes aqui. Prefiro que seja um blog alegre, para divertir e distrair. Mas como a vida não é assim o tempo inteiro, hoje o post também vai ser um soco do estômago.

Há 2 anos atrás uma menina linda, com 28 anos, realizou o casamento dos seus sonhos, em Itaipava, num fim de tarde daqueles perfeitos. Imagina todo o cenário, na serra, num hotel lindo, ao ar livre, com todos os amigos e família, completamente apaixonada pelo homem da sua vida! A realização de um sonho mesmo, que muitas de nós, mulheres, também sonhamos, e algumas já tiveram o privilégio de realizar.

Nesse fim de semana, a linda menina com 30 anos, sofreu um ataque do coração e morreu. Ninguém consegue acreditar que isso aconteceu.

Não quero deixar vocês tristes como eu estou, mas quero só fazer vocês pensarem um pouquinho... A vida é uma só, e pode ser curta, por isso viva de verdade cada dia da sua vida. Não deixe para amanhã. Não deixe para o ano que vem. Arrisque. Tome decisões. Chegue ao final do dia tendo a certeza que fez tudo o que podia fazer de melhor para você e para quem está próximo de você. Desfrute das oportunidades que Deus colocou na sua frente. Não as guarde na gaveta. Seja feliz. HOJE!

"The past is history, the future is a mistery... but today is a gift, that's why it calls PRESENT"

7 comentários:

UtópicA disse...

Viver intensamente é bom e é necessário. Tomar decisões é, pra mim, a pior parte.

Re disse...

Aos prantos, porém tentando imaginar o que está na gaveta...
beijos
Re

Jacque disse...

Sinto muitissimo.Mesmo.
Perder alguem querido nao é facil.E sempre nos faz re-avaliar muita coisa.
Sim...é hora de abrir gavetas..e optar.
Optar por ser feliz...HOJE.

Beijos

Sally Brown disse...

Que triste... a vida é mesmo muito frágil, né?
Espero que ela tenha sido mto feliz nesses 30 anos.
E gostei mto do seu texto, mesmo triste.
Bjos

drika disse...

e q tenham sido os melhores dois anos de casamento da vida dela!

eu nuca sei o q dizer nessas horas, portanto, falo de outra coisa.
espero q vc fique bem e aproveite tudo dessa forma. intensamente.
grande beijo.

ANNA disse...

Por incrível que pareça, fico feliz que tenha tocado vocês também.

Ela não é próxima de mim, conheci por causa do trabalho, mas sofro de pensar o sofrimento dessa família, desse marido, de quem a vida arrancou um pedaço...

É... a vida sempre dando rasteiras na gente!

Paula Nigro disse...

Tocou a mim também. Me arrepiei! Com o que aconteceu com a garota, com a bela forma como redigiu o teu post e de pensar nos meus medos e inseguranças que tanto me impedem de fazer as tantas coisas que gostaria...
Obrigada,
Beijos