sábado, 20 de outubro de 2007

Dia Cultural - Decepções e Surpresas

Depois do meu último fim de semana desastroso nos esportes radicais, decidi que esse seria dedicado a cultura!

Estava querendo ver a exposição "Marilyn Monroe - O Mito" das últimas fotos dela, tiradas 6 semanas antes de morrer por Bert Stern, no Hotel Bel Air. Estava super ansiosa e parti hoje de manhã em direção ao MAM.

Só decepção! Primeiro com o MAM! Quase nenhuma alma viva! Um lindo elefante branco largado... Em cartaz, 3 exposições de com pinta de super produção: Grande Sertão: Veredas, Marilyn e Arte para Crianças. Entrada: R$ 5,00

Naquele espaço enorme que é o MAM, a que tem maior destaque é a das crianças (muito boa, por sinal). Espremeram as fotos maravilhosas da Marilyn num espacinho de 20m X 10m!!! Em 2 minutos você já passou por todas as 60 fotos quase que amontoadas naquela sala improvisada! Que falta de cuidado! Falta de visão de fazer dessa uma grande exposição mostrando não só as fotos jogadas numa parede, mas uma oportunidade de contar um pouco mais sobre essa diva! Eu, que fiquei fã dela ha pouco mais de 2 meses, me entristeci por ela! Lá de cima, ela deve estar pensando: "Esses cariocas não sabem mesmo cuidar de arte" (apesar da polêmica da Receita Federal não ter considerado as fotos como arte e taxou tudinho!).

Depois dessa decepção, mesmo abalada, fiquei curiosa para conferir o que tinham feito com o Grande Sertão: Veredas, que tive o prazer de ver no maravilhoso Museu da Lingua Portuguesa. O resultado? O mesmo (da Marilyn)!!! Espremeram tudo num espaço muito menor que o de SP, e na minha opinião, todo o encanto se perdeu! Talvez quem não tenha visto em Sampa, não se decepcione, porque a idéia da Bia Lessa é genial e não merece ser jogada daquele jeito.

Decepção para cariocas e turistas! Fazia muito tempo que não frequentava um museu ou exposição por aqui e saí de lá com a certeza que não temos vocação para isso! E não estou comparando com Paris, Berlim ou NY. Basta comparar com SP mesmo! Lá, se é para fazer, fazem bem feito! Mas para salvar o dia (e essa minha conclusão precipitada) lembrei de um lugar que estava na lista para conhecer há bastante tempo (naquele último dia de férias, quase fui...). Do MAM para o Flamengo é um pulo, então rumo ao Oi Futuro (antigo Centro Cultural Telemar)!

Escondido numa construção bem antiga (1918), lá dentro realmente o que tem é futuro! O nome diz tudo. Você percebe já na recepção com seus monitores Mac mostrando a programação. O negócio ali é fazer bem feito! Interatividade, multi-midia, digital, virtual,... Sensorial! Tenho certeza que muitos não vão chamar de arte, mas estamos falando de cultura, que não é simplesmente ver Monalisas penduradas na parede. O lugar tem cheiro de novidade, de coisas bacanas. Me lembrou justamente o Museu da Língua Portuguesa. Não tive sorte em relação as exposições: não havia nenhuma no momento. Estava em montagem a Poiesis (em grego: fazedores) que prometo voltar para conferir (27 poetas de 11 países mostram com quantos bytes, letras, números, formas e sons se faz um poema hoje) Anotem a dica e não percam a partir de terça-feira.

A única "exposição" permanente é justamente o Museu do Telecomunicações, para qual dei uma leve torcida de nariz quando a recepcionista, com tanto entusiamo, me convenceu a visitar! Talvez pelo efeito surpresa de não esperar nada de mais, talvez pela decepção das tentativas do MAM, fiquei boquiaberta quando a porta vermelha abriu e em seguida fechou atrás de mim. Imagine ver e ouvir a história do telefone com todas as ferramentas que descrevi antes: Interatividade, multi-mídia, digital, virtual! Passado, presente e futuro. Incrível! Inacreditável! Na saída, só um nome me chamou a atenção e foi o carimbo para virar fã de carterinha desse lugar: Gringo Cardia. Tinha que ser ele!

Para finalizar: é de graca!!! Só mesmo a iniciativa privada para fazer bem feito! Vale a visita (ao Oi Futuro. O MAM pode ficar para o plano B, ou não...)

6 comentários:

Gastón disse...

Tô aportando em terras cariocas para o feriado do dia 2. Tô muito afim de ir no Museu Nacional de Belas Artes. Da última vez que estive aí não deu tempo... E ver se rola algo no MAC tb, já que estava fechado pois não havia nenhuma exposição.

Wilson disse...

Que bárbaro! Vc nem faz idéia do prazer que tive em ler seu "depoimento" Pa respeito do "Oi Futuro"... Afinal, a museóloga responsável pelo "Museu das Telecomunicações" (Tatiana Laura - uma jovem de "vinte e poucos" aninhos) é uma querida amiga pessoal e, de fato, fez um brilhante trabalho junto ao competentíssimo Gringo Cardia... Que bom que vc também gostou!

ANNA disse...

Gaston, procura saber antes o que ta rolando nesses museus. O MAS nem precisa ter nada dentro, ne? Se der tempo, de um pulo no Oi Futuro.

Wilson, honey, de meus super parabens para a Tatiana!!! E adoraria cinhecer uma museologa! Vamos marcar um chopp! Ja que com a Carol nao sai...

Vicky Meiotta disse...

Aqui não tem praia, né?! Alguma coisa tem que servir de distração nos finais de semana! Amo o Museu da Língua Portuguesa!

Sis disse...

Que triste ouvir isso. Tava tão bem consolada de ver o Sertões aqui mesmo, já que não vi em SP... Murchei. :(

ANNA disse...

Vicky, Sampa eh tudo de bom para um fim de semana! As vezes, praia cansa, carioca cansa, ...

Sis, nao deixe de ver mesmo assim! E esqueca essa minha opiniao! Va sem pre-conceitos!